Precisando de ajuda? Fale conosco agora mesmo:
Categorias desse post:
Informações
As mudanças na experiência dos clientes no pós-pandemia
18 Nov 2020
Experiência. Ouço muito essa palavra dita por líderes e gestores e tenho certeza de que isso faz diferença no crescimento das empresas no meio em que elas atuam. A preocupação com a experiência do cliente é um fato em todos os segmentos e ficará ainda mais evidente no pós-pandemia, já que a realidade de consumo de produtos e serviços mudou e o novo cenário mundial deixou a clientela ainda mais exigente e com novos hábitos.
Mas o que essa palavra tão preciosa tem significado nos últimos tempos? Estar atento a isso quer dizer que você e sua empresa preocupam-se com as necessidades reais de seu cliente ou consumidor e que vocês cuidam de todos os pontos de contato e interação dele com seu produto e serviço, focando em fornecer a melhor e a mais segura experiência.
No segmento hoteleiro e de food service, por exemplo, um fator que pode acabar com a experiência positiva de seu cliente é a negligência com a segurança dos alimentos e do ambiente.
Pense comigo: um hotel com requinte e conforto, instalações impecáveis, funcionários qualificados e um atendimento acolhedor. Quem não quer viver uma experiência dessas? Certamente todos os pontos positivos seriam esquecidos se a segurança alimentar falhasse e o hóspede flagrasse algo de errado com a comida oferecida ou, pior, tivesse uma intoxicação alimentar. Ou, então, se o cliente chegasse a um restaurante que não tem higiene adequada, não cumpre as normas sanitárias, onde os funcionários atendem o público sem máscara ou equipamento de proteção individual ou as mesas não são higienizadas corretamente, entre outras situações. Nenhuma percepção satisfatória resiste a isso…
A boa experiência agora e no pós-pandemia exige atendimento excelente, bem como a segurança dos clientes, que estão mais criteriosos e atentos a esses quesitos. Um ambiente seguro envolve implementar processos de higiene – no preparo, no armazenamento e na organização correta dos itens –; treinar funcionários; adequar o ambiente e o fluxo da cozinha conforme as novas normas sanitárias e, sobretudo, oferecer saúde à mesa.
Restaurantes, bares, hotéis, pousadas, escolas, hospitais e qualquer outro ambiente devem ter em mente que manter as boas práticas de higiene em segurança é fundamental para proporcionar uma experiência única ao cliente.
Gostou do conteúdo e quer saber mais? Cadastre-se aqui e receba nossas atualizações por e-mail.
Por favor, informe um e-mail válido
Cadastrar
voltar para o blog
Acreditamos que você também poderar gostar de:
AUTOCERTIFICAÇÃO POR AUTODECLARAÇÃO, NA VISÃO DO CONSUMIDOR, É CONFIÁVEL?
Autorregular-se, ser fiscal de si mesmo e das próprias ações. Será que todos os estabelecimentos do segmento de food service são capazes de cumprir as exigências sanitárias e se autocertificar?
TENDÊNCIAS E ALTERNATIVAS PARA RESTAURANTES COM SERVIÇO DE BUFÊ REABRIREM COM SEGURANÇA
Os bufês e restaurantes a quilo representam em torno de 60% dos pequenos restaurantes do país
OS DESAFIOS DA HOTELARIA NA RETOMADA
Crise financeira, novas regras de funcionamento e comportamento antissocial têm sido obstáculos recentes do segmento
ENTRE EM CONTATO
Conheça mais a nutri control e saiba o que podemos fazer por sua empresa! Preencha seus dados abaixo para entrarmos em contato com você.
NOSSA MATRIZ ESTÁ LOCALIZADA
NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO.
Avenida Nilo Peçanha, 50/Sala 1906 – Centro – RJ CEP: 20020-906
Envie-nos uma mensagem
Nome completo:
Este campo é obrigatório
E-mail de contato:
Por favor, informe um e-mail válido
Escreva aqui a sua mensagem:
Este campo é obrigatório
Limpar Campos
Enviar